Metodologia

A metodologia de ensino institucional pauta-se nas seguintes caraterísticas fundamentais:

• Os princípios da interdisciplinaridade e da contextualização deverão ser preferidos relativamente ao tratamento estanque e puramente abstrato dos conteúdos;

• A criação de situações de aprendizagem ativa deverá ser preferida ao puro recurso às aulas expositivas;

• O equilíbrio harmônico entre a teoria e a prática deverá orientar a elaboração do planejamento de ensino de todas as Unidades Curriculares, porém, a prática não deverá ser entendida como aplicação imediata ou utilitarista;

• As situações de aprendizagem deverão incorporar, progressivamente, a utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação – TICs;

• As situações de aprendizagem deverão incorporar, além de práticas laboratoriais, as possibilidades de aprendizagem dos projetos integradores, estudo de casos, visitas técnicas, projetos pedagógicos, estudo de campo e outras possibilidades;

• As metodologias deverão privilegiar a meta-cognição, de tal forma que, por um lado, o discente aprenda a aprender e, por outro lado, constitua-se como profissional reflexivo, capaz de aprender, a partir da própria prática, na medida em que consegue teorizá-la.